segunda-feira, 6 de julho de 2009

O que é preciso para ser feliz?


Um velho monge zen foi certa vez convidado para ir até a corte do rei mais poderoso daquela época.

—-Eu invejo um homem santo que se contenta com tão pouco, disse o rei.

—-Eu invejo Vossa Majestade, que se contenta com menos que eu - respondeu o monge zen.

Como você me diz isto, se todo este reinado me pertence? - disse o rei, ofendido.

Justamente - falou o velho monge. Eu tenho a música das esferas celestes, tenho os rios e as montanhas do mundo inteiro, tenho a lua e o sol, porque procuro a pura prática no caminho da simplicidade. Vossa Majestade, porém tem apenas este reino.

Conto Zen.

6 comentários:

Esteja Aqui e Agora... disse...

Penso que a felicidade não dependa de algo, ou de alguém, ou de uma determinada situação. É difícil entender isso quando queremos algo e achamos que sem "isso ou aquilo" não é possível ser feliz. Se a nossa felicidade depender de algo externo ou de alguém, provavelmente nunca seremos felizes. Reflito que a felicidade está na forma de viver. Procuro ser feliz como eu sou, com o meu trabalho, com minha família, com aquilo que tenho. A felicidade está mais perto do que nós podemos imaginar... e a meditação pode ser a porta de entrada!

_/|\_... gasshô.

Anônimo disse...

Eu costumo dizer que sou uma não Feliz!
E se me perguntarem, do que preciso direi- falta-me só uma coisinha........

^_^

Naft

mjblog disse...

Gostei do conto, ...sim:)
A felicidade é um mito, uma fantasia, uma grande ilusão:)
Partimos do princípio que é algo palpável...ter...sempre ter! Nada mais ilusório...
A felicidade é um estado de alma e acontece em pequenas doses, intermitentemente...um estado de graça perfeito...do ser...a alegria subita que preenche momentaneamente a nossa alma, quando meditamos, ou abraçamos alguém que muito amamos.
Para ser feliz é preciso estar consciente e atento à magia da vida, amando, desfrutando da Natureza, em Paz com os ostros, dançando com a nossa Alma. Um beijinho da Manuela ( tenho um blog por aí...esqueci-me da password...mas continuo feliz:))

Sofia disse...

Gostei da comparação... entre os bens materiais e as coisas mais simples da vida. E gostei mais ainda, face aos tempos que estamos a viver..o materialismo invadiu o coração do ser humano, e este vive em função ou acha que um dia vai ser feliz se tiver uma casa X ou o carro Y. Gastam-se fortunas para se viver de aparências!! Tenho pena destas pessoas, pq são pobres de espírito e ainda n perceberam que a felicidade q tanto procuram está dentro delas e nais tais coisas ou momentos simples da vida. E por mt q nos digam.. para ser feliz é preciso isto iu aquilo.. esqueçam.. n há receitas!! n dá para definir.. nem para dizer de quê q este nobre sentimento depende.. pq na realidade n depende de nada.. sente-se apenas..
Um beijo e um mega sorriso!! :D

Anônimo disse...

Penso... que felicidade é o estado em que a pessoa se encontra, acredito que não exista momentos felizes ou algo que se possa comprar ou ganhar; momentos felizes nos engana, talvez de uma preocupação maior, e algo palpavel não traz a felicidade plena. A felicidade plena faz parte de nós, e mesmo nos momentos díficeis, permanecemos felizes por que somos felizes.
E o caminho para dentro de nós é aonde nos leva á encontrar a felicidade completa, a verdadeira felicidade!

/|\ José Luiz.

O Espírito do Tai Chi disse...

Mais do que nunca "é o viver o momento"...

Saudações taoistas,

António Serra