domingo, 23 de maio de 2010

Ciência e meditação


MEDITAÇÃO MELHORA O RACIOCÍNIO EM APENAS QUATRO DIAS DIZ ESTUDO

Trocando o cafezinho pela meditação

Ao longo do dia, a maioria das pessoas toma um cafezinho, um chimarrão, ou alguma outra bebida que ajuda a "acordar" e fazer o cérebro funcionar melhor.

Mas uma nova pesquisa, publicada na revista científica Consciousness and Cognition, sugere que uma pequena pausa para meditação pode fazer o mesmo efeito, deixando-nos mais "cognitivamente afiados" sem colocar o estômago em risco.

Meditar sem virar monge


Embora várias pesquisas anteriores, utilizando neuroimagens cerebrais, tenham demonstrado que as técnicas de meditação podem promover mudanças significativas nas áreas do cérebro associadas com a concentração, é comum assumir que a meditação exige um treinamento contínuo e uma dedicação intensiva para alcançar esses efeitos.

Isso faz a maioria das pessoas desistirem antes de começar. Apesar de todos quererem aumentar suas capacidades cognitivas, acredita-se que a meditação exige uma disciplina monástica ou o tempo e o dinheiro que a maioria das pessoas não dispõe.

Surpreendentemente, todos os benefícios da meditação poderão ser alcançados sem essa trabalheira toda.

Mudando a mente pela meditação


Estudando uma técnica de meditação conhecida como meditação da mente alerta, os cientistas descobriram que os participantes no treinamento de meditação apresentaram uma melhoria significativa nas suas habilidades cognitivas críticas depois de apenas 4 dias de treinamento, em sessões diárias de 20 minutos.

Embora isso soe quase como um anúncio de algum produto "milagroso" para perder peso, a pesquisa realizada na Escola de Medicina da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, sugere que a mente pode ser treinada no aspecto cognitivo de forma mais fácil do que a maioria das pessoas assume.

"Nos resultados dos testes comportamentais, nós estamos verificando algo que é comparável aos resultados que foram documentados depois de treinamentos muito mais longos," disse Fadel Zeidan, coordenador da pesquisa.

"Falando sinceramente, as melhorias profundas que nós verificamos depois de apenas 4 dias de treinamento de meditação são realmente surpreendentes," disse Zeidan. "Isso parece mostrar que a mente é, na verdade, muito fácil de mudar e facilmente influenciável, especialmente pela meditação."

Fonte: Diário da Saúde

5 comentários:

Elton disse...

olá, alguém poderia me dizer, em termos práticos, o que seria "meditação da mente alerta"? Quando tento meditar é uma sonolência que não tem tamanho!!! abraços.

Esteja Aqui e Agora... disse...

A meditação da mente alerta é a prática de 'induzir' uma consciência aberta e receptiva do momento presente, evitando pensar no passado ou se preocupar com o futuro, estando plenamente no momento presente.

Elton, talvez você esteja tentando praticar a meditação estando um tanto quanto cansado.

Gasshô.

Fernando Emídio disse...

É a meditação que em inglês se chama Mindfulness e que tem tido uma grande divulgação em todo o Ocidente.

Quanto ao sono, deverá mesmo meditar numa altura do dia em que não esteja sonolento ou cansado. Se puder, antes da meditação sentada faça uns minutos de meditação a andar para ficar um pouco mais "desperto" :)

Abraço

Misha disse...

Veja se entendi na pratica.
Mente alerta é quando estou correndo , stressada e de repente, como se soasse um sino me chamando para aqui. Paro, inspiro conscientemente...sinto como estão meus pés....meu corpo....exalo agradecendo o momento...volto então ao trabalho mais consciente agora. E isso vai se repetindo ate virar um habito de chamamento ate estar sempre consciente...isto é, com a mente alerta. Não importando o que estiver fazendo...estar sempre consciente...com a mente alerta...é isso?
grata
namastê
Misha

bianca disse...

zazen é meditação da mente alerta?