sábado, 27 de novembro de 2010

O som da chuva


“Qualquer livro pode servir para o estudo do Zen. Você pode usar o dicionário ou ‘Alice no país das maravilhas’... até a Bíblia. Não há por que se dar ao trabalho de traduzir nossos antigos textos chineses de Zen – não se você leva consigo a compreensão real do Zen. O som da chuva não requer tradução.”

Marimoto.

4 comentários:

rosana disse...

Chove lá fora.
Escorre calma
A chuva
A alma,
Fios de lembranças
Encharcam a terra
A alma,
A chuva
Acalma
Acalanta
A alma.
Chove lá fora.

Gasshô.
Rosana.

Anônimo disse...

maravilhosa verdade..

Erika disse...

Que lindo Rosana!
Esse poeminha é seu mesmo?
:)

Lucas disse...

simples e lindo.