quinta-feira, 10 de abril de 2008

Dalai Lama diz apoiar os Jogos e critica violência

Ele fez a declaração dois dias depois de ser chamado de 'mentiroso' pelo governo chinês.

O Dalai Lama, líder espiritual tibetano no exílio, disse nesta quinta-feira (10) que apóia os Jogos Olímpicos de Pequim, que começam dia 8 de agosto, e se opõe aos protestos violentos que atrapalharam o revezamento da tocha olímpica em várias partes do mundo.

"O povo chinês realmente merece sediar a Olimpíada", disse ele a jornalistas no Japão. "(Apesar) dos recentes eventos infelizes no Tibete, minha posição não muda."

A afirmação vem dois dias depois de o governo chinês chamar Dalai Lama de mentiroso. "O que importa não é o que diz, mas o que faz. E o mais recente foi instigar e orquestrar os graves atos criminosos em Lhasa", afirmou na terça-feira (8) a porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores, Jiang Yu.

Mas o uso da violência pela China é uma forma antiquada de suprimir as tensões no Tibete, disse o Dalai durante uma rápida parada em seu caminho para os Estados Unidos, onde fará uma viagem de duas semanas que ele afirma que não terá caráter político.

O Dalai Lama disse aos jornalistas que enviou uma mensagem aos tibetanos em San Francisco, nos Estados Unidos, por onde o revezamento da tocha passou na quarta-feira (9).

"Enviei uma mensagem aos tibetanos na região de San Francisco, por favor não façam nenhuma ação violenta", disse, antes de acrescentar: "Ninguém tem o direito de dizer 'cale-se'
."

Assista o vídeo no portal G1.

2 comentários:

Gibran disse...

É mesmo uma barbárie que o governo chinês faz oprimindo e domindo o Tibet, temos que nos fazer ouvir e protestar de todas as formas mesmo.
Michel, já assisti alguns dos títulos que vc me enviou. A novidade é que fui comentar com a minha professora de Yoga sobre o Prof. Hermógenes, e pra minha surpresa ela disse q ele foi seu mestre, que eles são amigos, e que ele mora aqui em Botafogo, ou seja, pertinho daqui. Ele tem um centro de Yoga que pretendo visitar e talvez até praticar um pouco sob a sua orientação, ele é 10.
Assisti ontém O Segredo da Felicidade, e fiquei bastante impressionado. Tenho bastante dever de casa, e aos poucos essa mudança deve aparecer, nas atitudes, nas crenças, no cotidiano. Gostei bastante tb do "Desintoxicando-se...
Ai que me pergunto, pq esse modelo ocidental de vida perdura por tantas décadas? Com certeza por interesse da mídia, dos governos e principalmente do capitalismo, que gera um consumo sem precedentes, e para tanto consumo é preciso trabalhar demais, dai o stress.
Bom, por ora é isso.
Namastê, e sigamos na busca pelo auto-conhecimento e pela limpeza de nossas mentes poluídas a décadas.
Grande abraço.

Esteja Aqui e Agora... disse...

Valeu Gibran;

Que coincidência (com incidência, certamente) legal essa, com certeza vale fazer fazer uma visita ao centro do Hermógenes para futuros aperfeiçoamentos.

Com relação a sabedoria milenar das culturas do oriente, acredito que a mensagem anti-materialista proposta por elas, acaba não sendo muito bem vista pelos padrões capitalistas da nossa cultura. Por isso, há esse choque filosófico/cultural quando falamos a respeito com alguém que esteja de fora, não inserido nestes ensinamentos. Cada um tem o seu tempo, que talvez possa estar numa próxima manifestação... mas não importa, façamos a nossa parte.

Como disse Gandhi: "Sejamos a transformação que queremos para o mundo"!

Namastê!
Michel.